Convênios

Lista de convênios firmados pela a entidade.

Convênio: 077109/2017 - PROJETO NÃO LIBERADO OU NÃO PAROVADO
Principais informações

Esfera: FEDERAL

Vigência: 31/12/2018

Data da publicação: 24/07/2017

Data da celebração: 24/07/2017

Conta bancaria: 00000/0000

Número do instrumento: 077109/2017

Informações do objeto

Implantação de unidade de confecção, pintura e bordado em tecido em comunidades rurais.

CONTRAPARTIDA
R$ 0,00
Informações do concedente

Concedente: SECRETARIA DE OBRAS E URBANISMO

Responsável: SECRETARIA DE OBRAS E URBANISMO

Informações do convenente

Convenente: PREFEITURA DE JOSÉ DA PENHA

Responsável: MUNICÍPIO DE JOSÉ DA PENHA

Sem informações até o momento

  • DATA: 31/12/2019 - - SITUAÇÃO: PROJETO NÃO LIBERADO OU NÃO PAROVADO

a referida proposta não aprovada pelo ente.
a referida proposta não aprovada pelo ente.
O município de Jose da Penha é um dos poucos, municípios brasileiros onde a população rural ainda encontra-se em níveis satisfatórios, no qual 40% da população municipal estão no meio rural, destes 49% são mulheres; o que justifica a implementação de projetos que apoie esse importante segmento populacional. Mesmo com toda carência em projetos de ocupação e renda, notadamente as mulheres e jovens não dispõe de atividades que lhe proporcionem renda. O setor têxtil corte e costura tem ao longo dos anos sido uma dessas alternativas viáveis, haja vista estar se perpetuando no tempo onde as mães repassam as filhas esta pratica. Existe no município um grupo de 30 mulheres que estão sendo apoiadas por iniciativa do poder publico municipal, onde 15 estão sendo atendidas numa parceria com o Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, campus Pau dos Ferros, através do programa mulheres mil, onde as mesmas estão sendo capacitadas em corte e costura. O grande desafio após a capacitação destas mulheres é a aquisição de maquinas (para corte e costura, bordado e pintura) e matéria prima para os primeiros trabalhos (tecidos, linhas, tintas, etc), para que possam desenvolver a atividade de forma a garantir uma renda para as mesmas. Os impactos econômicos e sociais serão satisfatório, uma vez que 30 agricultoras familiares passarão a produzir e consequentemente comercializar seus produtos como fardamento escolar, esportivo, vestes para grupos culturais, de festividades religiosas, fardamentos de órgão públicos, bem como fabricação de produtos que podem ser comercializados a distribuidores (crediaristas) da região que vendem para todo o país Quanto aos aspectos ambientais apresente proposta se classifica como de baixo teor impactante, uma vez eu seus resíduos são mínimos e os mesmos podem ser reaproveitados no caso dos retalhos para confecção de fuxicos e tapetes, com relação a tinta sublimatica não produz resíduos que possam gerar impacto. Quanto a sustentabilidade do empreendimento se justifica, pois, após a comercialização do primeiro lote os recursos angariados terão 70% reaplicados no mesmo e 30% divididos de forma proporcional entre a participação efetiva das beneficiadas.
   
   
Voltar    

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito